domingo, 25 de setembro de 2011

Ricardo volta de Cuba, faz história no país socialista e reassume Governo

Fazendo história no país socialista

Ricardo Coutinho (PSB) já entrou para a História como sendo o 1º governador paraibano a visitar em caráter oficial a Ilha de Cuba, depois da Revolução Popular-Marxista liderada por Fidel Castro, que derrubou o ditador Fulgêncio Baptista, apoiado pelos Estados Unidos, em 1958, tornando-se pouco tempo depois país-satélite da então URSS (União das Repúblicas Socialistas Soviéticas), atualmente extinta e denominada de Rússia.

“Médicos de Pés Descalços”

Além da missão comercial, Ricardo vai tentar trazer também vários médicos brasileiros formados em Cuba para trabalhar aqui na Paraíba, dentro do PSF (Programa de Saúde da Família), introduzindo o mesmo método revolucionário dos “Médicos de Pés Descalços” adotado com sucesso por Fidel Castro e o líder guerrilheiro argentino Ernesto "Che" Guevara (que era médico), no começo dos anos 1960, na ilha.

Paraibano é pioneiro no Ceará

Experiência inédita nesse sentido já aconteceu há cerca de 30 anos, na pequena cidade praieira de Icapuí, localizada no interior do Estado do Ceará, comandada por Isaac Teixeira, paraibano nascido em Sapé e formado em Medicina numa faculdade cubana.


Camponês virou “doutor cubano”

Ele é o filho mais novo do casal que liderou as Ligas Camponesas no início dos anos 1960, na região da Várzea e Brejo paraibanos: Elizabeth e João Pedro Teixeira (personagem central do filme “Cabra Marcado para Morrer”, dirigido pelo cineasta Eduardo Coutinho, em meados dos anos 1980).

Coluna Giovanni Meireles\ pbagora

*****************

Assembleia Nacional cubana aprovou recentemente uma série de medidas econômicas que visam estimular a economia no país, diminuindo a participação do Estado e incentivando a iniciativa privada.

Cid Cordeiro

3 comentários:

  1. Helena Garcia de Melo26 de setembro de 2011 04:13

    RC está trazendo o atraso de Cuba para para a Paraíba. Quando estive em Cuba em 1998 vi o medo nas pessoas e a fome rodando por perto. Havia filas para comprar pão e ovos. Tudo, inclusive as pessoas pertence ao Estado, só quem vive bem é a cúpula do Governo. Fiquei horrorizada para nunca mais voltar, apesar de ser geograficamente um paraíso.

    ResponderExcluir
  2. RICARDO VAI A CUBA, MAS NA PARAÍBA OS ÍNDICES DE VIOLÊNCIA CONTINUAM, A SAÚDE ESTÁ UM CAOS COM O TRAUMA TÃO PARADO QUANDO AS AMBULÂNCIA DO SAMU NOS MUNICÍPIOS, AS ESCOLAS ESTÃO QUEBRADAS E PROFESSORES INSATISFEITOS. O FUNCIONALISMO RAIVOSO PORQUE SÓ QUE TEM PRESTIGIO é O POVO DE MARANHÃO. A POLÍCIA ESTÁ ATIRANDO EM DOIDO E OS BANDIDOS À SOLTA. ESTES SENHORES, SÃO OS SALTOS QUE A PARAÍBA TEM DADO. POR EXEMPLO RICARDO SALTOU FORA E FOI PASSEAR EM CUBA.

    ResponderExcluir
  3. Amigo, quando é que vão consertar esse blog, ele tá cheio de bichos informáticos!

    ResponderExcluir