quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Na frente de Maranhão, durante comício, Quinto de Santa Rita diz que vota nulo, mas não vota em Wilson e Vitalzinho

Tem coisa que não precisa ser dita de tão clara que já é. Como é o caso da rejeição da família Odilon Ribeiro Coutinho em Santa Rita em relação às candidaturas de Vitalzinho e Wilson Santiago, ambos do PMDB, ao Senado Federal.

Mesmo assim, para não ser acusado de falta de clareza, o deputado Quinto de Santa Rita (PMDB), filho do prefeito Marcos Odilon, fez questão de externar o que sente e o que pensa sobre os dois peemedebistas durante comício na cidade ontem à noite.

E na presença do governador José Maranhão (PMDB). Que ouviu tudo e ficou calado. Quinto disse, em pleno discurso, que vota em nulo, mas não votará em Vitalzinho e Santiago. Segundo ele, ambos não cumprem compromissos.

“Um banco vai financiar o mau pagador, que está inadimplente. É o que acontece com os dois em relação a Santa Rita?”, questionou o parlamentar, ao justificar para o blog o porquê da rejeição. “Mas em Zé Maranhão eu voto”, declarou o deputado, no comício.

Foi a terceira vez que Maranhão pisou em Santa Rita nesta campanha. A única cidade em que entra sem os companheiros de chapa, cujos nomes nem sequer podem ser pronunciados pelo governador. Um silêncio que comunica.

Luís Tôrres

Um comentário:

  1. José Santana - Santa Rita30 de setembro de 2010 11:44

    Realmente ele disse, mas foi a culpa foi da enfermeira que deixou de dar os 5 comprimidos de diazepam e 5 de gardenal que o moço toma de uma só vez. Essa dosagem três vezes ao dia e dois choques eletricos para dormir.

    ResponderExcluir