segunda-feira, 24 de maio de 2010

CARTA AO ELEITOR DE GUARABIRA E BREJO PARAIBANO

Quando decidimos entrar na política sabíamos que as relações familiares e empresariais seriam afetadas. Mas sempre acreditando no nosso ideal, que é construir condições para nossa população viver dias melhores, estive presente nos últimos pleitos eleitorais.
Concretizamos nossa primeira candidatura em 2004, quando fui eleito vereador de Guarabira pelo antigo PFL, hoje Democratas, com 1.035 votos. Assumimos a liderança das oposições na Casa Osório de Aquino, onde vivenciamos uma das nossas melhores experiências. Não tenho dúvidas de que exerci o mandato com dignidade e ética, as quais, infelizmente, faltam a muitos de nossos políticos.
No pleito de 2008, fui convocado por Zenóbio e Léa Toscano, bem como pela maioria dos nossos aliados, a participar como companheiro de chapa de Léa, aceitando ser o candidato a vice-prefeito pelas oposições. Acreditamos que poderíamos construir uma política de crescimento e sustentabilidade que traria melhores condições econômicas e humanas principalmente para a população mais carente. Não conseguimos a vitória por várias razões, sendo a principal delas, as irregularidades eleitorais cometidas por nossa adversária, Fátima Paulino, que em breve será julgada pela Justiça por tais atos.
Nossa cidade e região tem sido esquecidas pelos políticos, principalmente pelos deputados federais votados por aqui. Não temos obras estruturantes do PAC. Não recebemos a Escola Técnica e nem o Campus da UFPB ou UFCG. Não foram construídas as condições para que a população consiga entrar no mercado de trabalho. Por estas e outras razões, acredito que com a eleição de um deputado federal de nossa região, parte deste “esquecimento” seria resolvida. Colocamos, então, nosso nome como opção a Câmara Federal, com a coragem e determinação que sempre pautaram meus atos na política e também como cidadão.
Quis o destino, guiado por nosso Deus, que um problema de saúde enfrentado por minha esposa, sempre companheira e lutadora pelos mesmos ideais, me fizesse recuar do propósito de chegar à Câmara Federal. Adiamos este nosso sonho que, tenho certeza, é compartilhado por muitos conterrâneos e amigos. A presença de toda a família, as orações e solidariedade, serão importantes reforços na caminhada de minha amada companheira em busca da completa recuperação.
Reafirmo meu apoio às candidaturas de Ricardo Coutinho, Cássio Cunha Lima, Efraim Morais e Léa Toscano nas eleições deste ano, pois sei que estes são os melhores nomes para o futuro político de nosso Estado. Com a certeza da vitória, darei minha contribuição defendendo o Brejo Paraibano e principalmente a nossa querida Guarabira. Para deputado federal defenderei um nome local, de acordo com a decisão do grupo de oposição, que possa verdadeiramente lutar pela melhoria de vida do nosso povo.

Guarabira, 23 de maio de 2010

Lucas Porpino

3 comentários:

  1. Letícia Thompson25 de maio de 2010 11:32

    Guarabira perdeu e perdeu muito.
    Alguns menos informados comentam em suas manchetes que Lucas desistiu, abandonou a sua pré-candidatura a federal.Nada disso, ele abdicou oq ue é muito diferente.
    Seu gesto foi de amor.Amor à companheira Rosana.
    Agora nos basta aguardar sua volta à Câmara como o mais votado ou quem sabe o destino tenha lhe reservado algo diferente.
    Lucas mais uma vez deu um exemplo que de a política pode esperar,mas o amor deve ser imediato.

    Letícia Thompson

    ResponderExcluir
  2. Sem Lucas na politica de Guarabira tira a nossa vontade de participar do pleito.
    Vamos esperar 2012.Esse ano a política acabou pra mim.
    Guarabira ficará mais uma vez sem um representante que mudou o jeito de fazer politica sem as amarrações politiqueiras e mesmo contestando seus lideres,soube dar a volta e ser indicado como vive de Léa.
    Fazer o quê? A vida tem cada surpresa...

    ResponderExcluir
  3. poxa vida não tenho mais em quem votar para federal.lucas porpino era nossa melhor alternativa.

    ResponderExcluir